Páginas

29 de abril de 2010

Found myself in Wonderland (8)

Não seria maravilhoso poder viver tantas aventuras quanto Alice? Conhecer o Coelho de colete, que está sempre atrasado; conhecer o Chapeleiro louco - principalmente se ele fosse o Johnny Depp; conhecer a Lebre de Março e tomar chá a toda hora porque são sempre seis da tarde?; poder crescer e diminuir de tamanho...
Alice: Ó, não seria maravilhoso?
Tweedledee: Poderia ser, se fosse.
Tweedledum: Ao contrário, seria, se pudesse ser.
Mas, péra um minutinho aí... Quem disse que não pode ser?
Tweedledee: "(...)se fosse assim, seria; mas como não é, não é. Isto é lógico"
Bom, a verdade é que pode sim ser. É claro que pode! Na nossa imaginação.
Ora, do que mais tratam os livros de Alice se não de imaginação? No fim do livro fica a dúvida: E aí, foi um sonho, ou não foi? Mas a verdade é que, implicitamente, o livro todo trata de como a nossa imaginação pode nos levar aonde quisermos, pode criar mundos, personagens. Não somos nada sem ela. Afinal, de que serve viver apenas no mundo real, sem "viajar" de vez em quando?
Mesmo cientistas e inventores têm imaginação - se eles não imaginarem, como vão criar? Primeiro é preciso imaginar algo e depois criá-lo. Assim como James Cameron com o filme Avatar. Ele imaginou 15 anos antes de produzí-lo. E diga-me, foi ou não um sucesso?
Eu mesma tenho MUITA imaginação. Indeed, se eu fosse me comparar a qualquer persongem de livros lidos, eu diria que eu pareço a Mia, de O diário da princesa. Sério, ela quer ser escritora (assim como eu), ela tem problemas com a auto-atualozação (olha eu!), ela é totalmente paranóica (he he he, mais parecida impossível), e ela tem MUITA imaginação!
Mas eu meio que já estou mudando de assunto... Isso não é bom.
Rainha de Copas: Cortem-lhe a cabeça!
Ops, melhor voltar pros livros certos... Então, Alice. Eu totalmente recomendo esse livro. Sim, foi escrito século retrasado. E daí? A linguagem não é difícil, aliás, é bem simples. A história é incrível, louca, maravilhosa. Vale mesmo a pena ler. É diferente e ao mesmo tempo parecido com o filme. Ou, ao contrário, o filme é que pega as coisas do livro e modifica, mas de uma boa maneira. Adorei o filme, estou amando o livro. Indico os dois.
E mais, indico a imaginação. Tentem imaginar coisas à noite, antes de dormir. É ótimo! Eu sempre faço isso. Se vocês soubessem pra quantos lugares já viajei, quantos famosos se apaixonaram por mim e quantos filhos já tive... suhasuhasuhaushausha.
É simple, é incrível, é a Imaginação. xD

10 comentários:

jujupekenaa disse...

Pronto vc me convenceu de assistir. Assim q minha mae sair da sala. kkkkk =p

misuenos disse...

alice arrasa!

Bárbara - Eco na Lua - disse...

Alice arrasa messsssssmo. ;D

Marina Amancio disse...

quando chegar na locadora vou ver ta :D

Juuh Arruda disse...

Eu também Bah, eu também...

eu também já fui a Londres, Genóvia, Carmel, Forks, hehehehe, sem contar com os caras que eu peguei né???? kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
continue postando viu?
estou lendo tuuudooo!!!

Bárbara - Eco na Lua - disse...

Né, Juh?? Cada cara lindão que a gente pegou... ushauhauhsuahsua
xD

pH disse...

aproveita tua imaginação e tenta responder aí: por que eu sou o único homem que comenta no teu blog?

Sobre alice, dizem que eh uma metafora sobre a adolescencia, o cresce/encolhe, psicodelismo do tempo e pá #Freud

Bárbara - Eco na Lua - disse...

Porque você é legal. Mas não é o único que lê, tá? Nem se ache. =P
Os outros só não comnetam. Tem VÁRIOS que leêm. u.u
suahsuahsuahsuahsuahsuahsua

deBorestt o BLOG disse...

não curti muito nãoo =|

Malu Attaque disse...

A história da Alice é realmente encantadora, principalmente as circunstâncias nas quais foi escrita. Gosto demais!
A animação antiga da Disney também é massa, mas particularmente, não gostei do novo filme, produzido pelo Tim Burton (e olha que eu sou fã dele). Achei comercial demais.

Belo post, belo blog! Está de parabéns! Amei o design!
Estou seguindo, ok?!
Beijos!

http://lanternadealhures.blogspot.com